Carollini Assis 

Audiovisual

Literatura

Cinema

Poesia

Contos 

Livro: El olor de la goyaba, de Gabriel Garcia Marquez  

Música: qualquer uma de Belchior

Dança: Augusto Omolu (in memorian) e Mikhail Baryshnikov

Roteirista: Bráulio Mantovani, Kléber Mendonça Filho, Anna Muylaert 

Filme: Morango e Chocolate; Que horas ela volta?; Aquarius

Híbrida do encontro do mar e sertão. 


 

Carollini Assis nasceu na beira mar da cidade de Valença, na Bahia. Filha de mãe valenciana e pai sertanejo, cresceu cruzando cidades e conhecendo de perto a geografia dos 417 municípios da Bahia.  Filha do encontro do mar com o sertão, com tanta água e tanta secura a equilibrar e se desequilibrar no corpo híbrido, é mutante, malícia, docilidade, rebentão.  Jornalista graduada pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB/2003), especialista em Roteiros para Tv e Vídeo pela Unijorge (2006). Além de cursos com Miguel Líttin, Geraldo Sarno e Orlando Senna, sua educação audiovisual foi complementada na Escuela de Cine y Tv de San Antonio de Los Baños, Cuba, onde estudou Realização Cinematográfica.

 

Com experiência acentuada em TV, atuou na Produtora Universitária de Vídeo da UESB, na Rede Bahia (afiliada Globo), Tv Educativa (Bahia), Tv Aratu (afiliada SBT), além de produção e roteiros para produtoras independentes, como a Axé Filmes (SSA), Lima/TêmDendê (SSA) e Rossane Produções (Vitória da Conquista). Na Tv Aratu/SBT produziu conteúdos para os programas de entretenimento Dendê na Mochila e Chegue Mais. Escritora, ghost-writer, escreveu o roteiro da série Bahia de Todos os Cantos (Lima/Têm Dendê, episódios alternados entre 2011 e 2013), os curtas Proibida pra Mim e Piel. É co-roteirista de Velas ao Vento (longa em produção pela Araçá Azul), escreveu o longa doc Antes que me esqueçam, meu nome é Edy Star (em finalização, a ser exibido pelo Music Box Brasil). Foi Diretora Institucional da Associação Baiana de Cinema e Vídeo (ABCV) e representante eleita pela sociedade civil para o Colegiado Setorial do Audiovisual da Bahia. Atualmente está produzindo a série Intelectuais 70 (O Candeeiro Produções).

Em literatura, escreveu "O livro das palavras mal ditas", pela editora Mondrongo. Em 2012, ganhou o Prêmio Lauro de Freitas de Literatura com o conto "O Canto do Silêncio". Seus textos estão presentes nas coletâneas "Outras Carolinas - Mulherio da Bahia", pela Editora Penalux ; "Mulherio das Letras - Prosa", pela editora Mariposa Cartonera; e Revista Organismo nº 2, pela Editora Organismo.

T 071-3022-9673 / F 071-99239-3709 / carolliniassis@gmail.com / © 2019 por RP.  Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now